Visão

“Agora vai acontecer o Novo Mundo. Que eu disse que é: nova vida, novo povo e novo sistema! Aí já é uma coisa muito, muito diferente desse mundo velho, né?” (Padrinho Sebastião Mota de Melo)

O nosso sentido comunitário é fruto do verdadeiro trabalho espiritual de Sebastião Mota de Melo, do seu projeto de vida que dimensiona a Amazônia como um lugar que irá receber muita gente que busca uma vida sem ambição e com compreensão espiritual, uma vida educada e separada de muitas ilusões. Uma vida que escute a voz do equilíbrio, a voz de quem domina a natureza, domina a terra e domina a geração que vai se adequar ao sistema do terceiro milênio. A ponte para esse estado de consciência é o melhoramento e a expansão que já está acontecendo. O chamado está sendo feito, a floresta está aqui, temos que saber viver nela e plantar para que não nos falte nada. Sem dúvida, falta um melhoramento para se chegar dentro do equilíbrio da própria Natureza que tudo sustenta e faz brotar .”
(Padrinho Alfredo Gregório de Melo)

Missão

“O propósito da Vila Céu do Mapiá é o desenvolvimento espiritual. Existe para ser um centro de cura. É a realização da Doutrina no plano social (igualdade, fraternidade/comunidade) e ecológico (preservação e reflorestamento). O Céu do Mapiá é uma célula social da Doutrina Daimista, tem na Vila seu domicílio, sede do centro Eclético”

“Para criar uma nova vida espiritual, vivermos unidos, longe da cidade e da ilusão, porque o povo ia aumentar”

 “Reunir o povo do Padrinho, viver dos recursos naturais, plantar e ser unido”

“Nova vida, novo tempo.”

Fonte: Plano de Desenvolvimento Comunitário da Vila Céu do Mapiá, 2004.

Menu